Horário: Segunda a Sexta, das 8h às 18h.

icon_youtube.png

icon_faceb.png

Agendamento

icon_tel.png  +55 17 3311-2030

icon_whats.png  +55 17 99627-0260

Email

icon_email.png contato@pizarroho.com.br

Retina

retina.jpg
A retina é a parte do olho responsável pela formação de imagens, ou seja, pelo sentido da visão. O nervo óptico se estende desde o cérebro até aproximadamente o centro da retina e depois se divide. A área central da retina, chamada mácula, possui a maior quantidade de nervos sensíveis à luz e, por isso tem a função de comandar a qualidade da nossa visão.


As principais doenças relacionadas à retina são:

Retinopatia Diabética

As altas taxas de diabetes, quando não tratadas, podem acarretar doenças em outros campos do organismo, como os olhos. Uma das principais patologias causada pela diabetes é a Retinopatia Diabética, resultado dos efeitos da doença nos vasos sangüíneos da retina.
A retina é uma camada de prolongamento dos nervos, onde estão as células receptoras responsáveis por perceber a luz e ajudar a enviar as imagens ao cérebro. O dano aos vasos sanguíneos da retina pode ter como resultado vazamento de fluído ou sangue e crescimento anormal dos vasos sanguíneos que poderão causar fibrose e desorganizar a retina. Isto pode distorcer as imagens ou torná-las borradas. No princípio da doença, pode-se não notar nenhuma mudança na visão. Com o passar do tempo, a retinopatia diabética pode piorar a visão e até levar à cegueira.


Os tratamentos para este caso envolvem aplicação de raio laser, controle da diabetes e medicações intravítreas, sendo este o mais recente procedimento disponível no mercado. “Na fotocoagulação por raios laser, pequenas áreas da retina doente são cauterizadas na tentativa de prevenir o processo de hemorragia”, explica.
A novidade no tratamento de retinopatia diabética são as medicações intravítreas. Pesquisas comprovam a eficácia do medicamento, trazendo resultados positivos para o paciente. “As medicações são realizadas na própria clínica e o paciente é liberado no mesmo dia, sem ter necessidade de repouso”, relata.
 

Descolamento de Retina

Quando parte ou a totalidade da retina se desprende da parte posterior do olho, há o descolamento da retina.
As células nervosas na retina normalmente detectam a luz que entra no olho e enviam sinais para o cérebro sobre o que o olho vê. Mas quando a retina se descola, esse mecanismo não funciona corretamente.
Descolamento da retina geralmente começa quando o gel vítreo, um gel espesso que se encontra dentro do olho, encolhe e separa-se da retina em um processo que pode ser natural do envelhecimento, bem como decorrente de traumatismos ou de predisposição genética. Por vezes, a retina pode se rasgar, causando um descolamento. O rasgo permite que o fluido de dentro do olho entre por detrás da retina, fazendo com que ela se descole das demais estruturas intraoculares.
Outros fatores que podem levar ao descolamento da retina são um ferimento no olho ou na cabeça, miopia, doença ocular e condições tais como diabetes.

 

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

É uma das principais causas de perda visual na terceira idade, sendo decorrente de uma degeneração progressiva da região central da retina, chamada de mácula.
Com causas ainda desconhecidas, sintomas como distorção central das imagens, presença de mancha escura ou área embaçada no centro da visão e distorção das linhas retas podem indicar o aparecimento da doença.
 
O tratamento da doença varia de acordo com o seu tipo, que são dois: a DMRI seca, que é a forma mais comum e de progressão mais lenta, e a DMRI úmida, que acomete em torno de 15% dos indivíduos, com perda visual de progressão rápida. No tratamento da degeneração macular seca, o uso de vitaminas e sais minerais são os mais usuais. Já no caso da degeneração macular úmida, o tratamento se faz através de injeções intraoculares de fatores antiangiogênicos, laser, irradiação e até células- tronco, sempre levando em consideração o perfil do paciente e o estágio da doença.


footer.pngA tradição, o pioneirismo e inovação constante em cirurgias e tratamentos oculares tornam o Pizarro Hospital do Olho sinônimo de qualidade e confiança.

Email Newsletter

Cadastre seu e-mail para receber informativos sobre o Hospital

© www.pizarroho.com.br | Todos os direitos reservados. | Diretor Técnico: Dr. José Renato Pizarro | CRM 25.637
Desenvolvido por Polosoft